Depilação a Laser

A depilação a laser é ideal para pessoas que gostam de manter a pele lisinha por mais tempo. Além de ser indicada para quem sofre com a quantidade e espessura dos pelos em diferentes áreas do corpo. Se você se encaixa nesses requisitos,esse método foi desenvolvido especialmente para você.
O que é, e como é realizado o procedimento de depilação a laser
Depilação a laser é uma técnica de remoção progressiva dos pelos feita por meio da energia luminosa do laser. A técnica também é chamada de depilação definitiva, no entanto, este nome é incorreto, pois a depilação não garante que os pelos não voltem a crescer. O melhor termo a usar é depilação de longo prazo.
Quanto ao procedimento, ele consiste no uso de um aparelho emissor de laser, imposto exatamente sobre os pelos a serem eliminados. Na depilação a laser, o alvo é a melanina, substância responsável pela coloração do bulbo e da haste do pelo, causando dano térmico mínimo ao tecido adjacente. Em pessoas muito sensíveis a dor, podemos utilizar cremes anestésicos. Ao ser disparado o pulso de laser, ocorre a absorção dos fótons de energia pela melanina. O calor absorvido é liberado pelo bulbo e pela haste do pelo, causando uma destruição térmica das estruturas do pelo.

Efeitos e número de sessões

Na primeira sessão já é possível ver os feitos da depilação a laser. Normalmente, as áreas que respondem melhor ao tratamento são: virilha, axila, barba e pernas. A cada sessão, que deve ser realizada a cada 30 ou 45 dias, é possível notar uma melhora significativa na espessura dos pelos.

Recomendação

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, ao realizar o procedimento de depilação a laser, o paciente deve evitar pegar sol e também não deve retirar os pelos com pinça ou cera no mês que antecede a próxima sessão.

Contraindicações

Pessoas com infecções ativas nas áreas a serem tratadas não podem realizar a depilação a laser. Caso haja o crescimento repentino de pelos, deve ser realizada investigação hormonal anteriormente